40 Sites para vender suas camisetas

(Mais de) 40 Sites para você Ganhar Dinheiro Online com Camisetas

Muita gente me pergunta se o dinheiro que ganho com a venda de camisetas na internet vem só do Merch by Amazon. A resposta é: NÃO! E pelos seguintes motivos:

1) É arriscado manter todos os ovos numa cesta só: a Amazon pode fazer o que bem entender com nossa conta. Podemos ser suspensos ou ter limite de upload reduzido a qualquer momento, e isso reduzir drasticamente nossas vendas, sem qualquer aviso prévio. Queremos CONTROLE. Por experiência própria, é difícil manter estabilidade e planejamento numa plataforma onde não temos acesso aos dados de compra e onde não conseguimos saber se uma estampa vai ou não ser aprovada ou removida por motivos desconhecidos.

2) Existem MUITAS outras plataformas que pagam designers por suas criações. Pagam comissões por venda de produtos – os famosos royalties. Então, há diversas possibilidades para você exibir seu talento e portifólio de ilustrações, e ainda ganhar dinheiro com isso. E não há motivo para não publicar TUDO o que você produz em TODAS as plataformas.

3) Se você tiver um pensamento de longo prazo (essa é a estratégia que eu sigo e recomendo!) e tratar seu negócio literalmente com um t-shirt business, publicar seu trabalho em diversas plataformas vai ajudá-lo a criar uma marca consistente e com presença social, já que toda divulgação vinda de parceiros te faz ganhar novos seguidores e fortalecer seu estilo e identidade como marca. Um prato cheio para criar uma audiência que gosta de suas estampas, criações e ideias, e que futuramente pode se tornar sua clientela.

Onde posso vender, então?

Embora gigantesco, o Merch by Amazon ainda é uma das plataformas mais recentes de impressão sob demanda. Sites como Threadless, Redbubble, Teepublic, Design by Humans e tantos outros são pioneiros no segmento, e já passaram por várias fases de testes para aprimorar seus negócios até os dias de hoje. São potências no ramo, e oferecem espaço para artistas como você e eu ganharem dinheiro vendendo nosso trabalho criativo nas plataformas deles. Não lidamos com estoque e nem com investimentos iniciais. Enviamos o design e recebemos comissão quando são vendidos. Eles cuidam de todo o resto. Simples assim.

Então eu te pergunto: você vende em todas elas? Se sua resposta é não, você está deixando dinheiro na mesa… E creio que não é isso o que você quer, não é? Dá uma olhada em como fica meu email com os avisos de venda:

Vendas da semana em meu e-mail

É por isso que juntei nesse post uma lista com mais de 40 Sites de Impressão sob Demanda para você vender suas estampas, enquanto aguarda seu convite do Merch chegar ou se ainda não engrenou suas vendas lá. Existem várias alternativas ao Merch by Amazon, e com esse arsenal de possibilidades, você pode criar uma fonte sólida de renda passiva, ganhando um pouquinho de comissão em cada site. De grão em grão a galinha enche o papo, já dizia o ditado popular. E eu digo isso por experiência própria, pois minha receita mensal é assim, feita de royalties daqui e dali, dólar a dólar (às vezes, Euro a Euro…).

Foque em VOLUME

Por experiência, uma das melhores estratégias que defendo é: quanto mais estampas publicadas, mais chances de vender. Focar em volume de designs é um jeito inteligente de criar ativos que geram renda constante para você, vindas de vários locais ao mesmo tempo, e em moedas mais fortes que a nossa. Essa diversificação de frentes de batalha não vai deixar que a queda de vendas em uma delas derrube seu faturamento mensal de forma tão abrupta.

Focando em volume, e se esforçando para preencher as plataformas de camiseta com suas estampas, você vai ver vendas melhores e provavelmente vai se deparar com uma questão: você é um exército de um homem só. Você tem que pesquisar nichos, criar artes, descrições, tags, redimensionar arquivos (lembrando que cada site exige dimensões distintas) e enviar todo o material criado pra cada uma dessas plataformas, cada uma com suas peculiaridades. Em resumo, se ainda não tem uma equipe, você tem muita tarefa para uma pessoa só…

Nessa hora você vai precisar de organização dos processos criativos para otimizar seu tempo, e de um jeito de criar muitas estampas ao mesmo tempo. Eu tenho minha própria metodologia pra isso, e compilei tudo numa técnica que chamei de MERCH TURBO: Metralhadora de Estampas. Nela, eu falo detalhadamente de métodos avançados de pesquisa, criação e upload de estampas em massa, pra metralhar as plataformas de camisetas com designs e turbinar ganhos ainda mais com novas comissões. Foi essa exata técnica que me permitiu faturar mais de USD $250.000 (duzentos e cinquenta mil dólares) vendendo camisetas na Amazon e em vários outros sites.

Meus ganhos no Merch, em unidades e em dólares (em verde).

O momento é agora

Ao enxergar o potencial desse novo mundo da impressão sob demanda, você vai começar a entender o alcance que esse mercado possibilita aos designers, freelancers e criativos. Nunca houve momento melhor para esse ramo do que agora, onde é possível transformar a sua paixão por criar em algo que dá retorno financeiro, e, ao mesmo tempo, ver seu trabalho sendo usado pelo mundo todo. Os números que mostrei acima são resultado disso: eles seguem crescendo, e muitas vezes, sem meu esforço. E o melhor de tudo: o print-on-demand não exige investimentos iniciais por parte do vendedor. Basta ter uma ideia, traduzí-la graficamente e colocar pra vender.

Como qualquer outro negócio, criar e enviar estampas pra tantos sites demanda esforço, trabalho e dedicação. E como o negócio é mãos à obra, já deixo abaixo uma lista com mais de 40 opções de plataformas de impressão de camisetas para você enviar seus designs. Recomendo que conheça todas, individualmente, para entender quais linguagens visuais e temas melhor se adequam a cada uma delas, para que você seja sempre mais assertivo em suas estampas. E que envie para todos os sites possíveis, afinal a ideia é focar em volume.

Finalizo com uma dica: temas atuais (tendências, por exemplo) e nichos apaixonados por algo (pense em pessoas que gostam de gatos ou cachorros, ou quem goste de cerveja artesanal, por exemplo) devem estar nos seus planos. Criar produtos pensando em audiências fanáticas fará toda a diferença nos seus números.

Tamo junto!

Lista de Sites Internacionais:

  1. Sellfy
  2. Threadless
  3. Redbubble
  4. Design by Humans
  5. Teepublic
  6. Teefury
  7. Shirt.Woot
  8. Etsy
  9. Society6
  10. Busted Tees
  11. Pampling
  12. Qwertee
  13. Shirt Punch
  14. Tee Chip
  15. Snorg Tees
  16. Shirt Punch
  17. NeatoShop
  18. Curioos
  19. ArtistShot
  20. Spark Now
  21. Urban Arts
  22. iCanvas
  23. Printful
  24. Sunfrog
  25. Lola Camisetas
  26. InPrnt
  27. Teespring
  28. Zazzle
  29. CafePress
  30. Spreadshirt
  31. TeeTee
  32. Shirtee
  33. SuperGeek.de
  34. Wistitee
  35. Yvolve
  36. Ever Press
  37. Look Human
  38. Bonfire
  39. Spoon Flower
  40. Fine Art America
  41. Displate

Sites Nacionais

  1. Montink
  2. Marcazo
  3. Estilo Livre
  4. Vandal
  5. Sou Pop
  6. Colab55
  7. TeeNow
  8. Touts
  9. eCamisetas
  10. Usina de Marcas

61 comentários em “(Mais de) 40 Sites para você Ganhar Dinheiro Online com Camisetas”

  1. Acompanho o seu trabalho e te prabenizo por abrir os olhos de empreendedores digitais para novos horizontes. Assim como eu que estou iniciando no negócio.
    Eu gostaria de saber se as mesmas artes que produzo para uma plataforma, também posso utulizar ns outras, ou se há alguma restrição?

    1. Fico feliz que esteja gostando do conteúdo! O objetivo é ajudar todo mundo a enxergar novas possibilidades com a impressão sob demanda. Todas as artes que você produz podem ser usadas em TODAS as plataformas que você vende, salvo se fechar algum contrato de exclusividade com alguma marca. Da listagem que passei acima, algumas pedem que você restrinja os direitos de reprodução a eles, por determinado período antes de mandar pra outra plataforma. Mas hoje em dia a maioria trabalha sem exclusividade.

      1. Bruno Rafael FIgueiredo da Silva

        Show de bola parceiro! por onde posso entrar em contato contigo???? grande abraço

    2. Olá! Gostaria de saber se esses sites (apenas os estrangeiros) aceitam pessoas com endereço no Brasil para trabalho, ou se o processo é similar ao Merch by Amazon. São particularidades de cada site? Desde já, agradeço!

      1. Olá! Desculpe o atraso na resposta. Com exceção do Merch, todos os outros não precisam de convite para entrar, então você deve conseguir em todos eles estando no Brasil.

  2. BRUNO OLIVEIRA

    Sensacional suas dicas! Quais são os TOP 5 que você mais vende? E quais sites indica para quem faz um trabalho mais atemporal, mais criativo?
    Forte abraço

    1. Fala, Bruno! Em tráfego orgânico, eu vendo melhor na seguinte ordem: 1) Merch by Amazon, sem dúvida. 2) Redbubble 3) Teepublic 4) Threadless 5) Shirt.Woot 6) Design by Humans. Com tráfego pago, na Marcazo. Para trabalhos mais criativos, recomendo o Threadless, Society6 e Redbubble. Na verdade é você quem dita o caminho, pois todas as plataformas comportam trabalho criativo. A pegada de cada um deles é que dá pra sentir melhor quando começar a vender. Sei que o Society6 tem curadoria bem artística.

  3. Olá Bruno, parabéns pelo conteúdo e obrigado por compartilhar.
    Encontro dificuldade para encontrar uma plataforma nacional. Gostei da impressão da Marcazo, mas ela não está sendo bem avaliada pelos usuários, a Touts saiu do ar e a Estilo Livre e Montink, você tem experiência? Qual a sua avaliação?
    Fico no aguardo e muito obrigado! Abraço.

    1. Olá, Arnaldo! Plataforma nacional com tráfego orgânico que valha a pena, infelizmente ainda não encontrei. Os royalties também não são legais. Vender na Marcazo ou Estilo Livre seria com tráfego pago, e eles possuem boa qualidade. O problema é que quem gosta não deixa elogios, mas quem tem experiência ruim com a compra deixa péssimos comentários. Pelo tempo que vendo com eles, eu diria que vale a pena vender lá, e ir tentando contornar os imprevistos. Na Montink e Colab55 vejo o mesmo problema de royalties baixos, mas não custa nada deixar suas estampas esperando vendas.

      1. Ronaldo Ferreira

        Olá Rafael, eu soube que dá para vincular a plataforma printful com a amazon e vender camisetas sem precisar usar o merch by amazon, você poderia falar sobre isso? Pois eu gostaria da dica de um profissional já que não vi quase ninguém falando dessa alternativa. Agradeço desde já! Abraço!

  4. Renan Ambrosim Venturim

    Boa noite Rafael,nessas outras Plataformas tem limites de estampas igual a do Merch by Amazon ou pode colocar quantas quizer?

    1. Isso varia de plataforma pra plataforma. Cada uma trabalha de um jeito e tem características diferentes. Recomendo que você comece a mandar o que conseguir, e ir experimentando cada uma delas. Se quiser turbinar seus envios de estampa, te recomendo meu curso: https://merchbyamazon.com.br/merchturbo

  5. Muito bom o post

    Tenho uma duvida referente ao etsy, é possível criar uma conta usando algum endereço de outro pais? pois o Brasil não é aceito pelo etsy payments.

  6. Por gentileza, como receber em reais das plataformas internacionais?
    Parabéns pela excelente matéria!

    1. Na verdade, ao vender nessas plataformas, você está recebendo em moedas internacionais e os intermediadores de pagamento (Paypal, Payoneer) convertem pra Real pra você, sem precisar de sua interferência. Eu recomendo usar o Payoneer (https://merchbyamazon.com.br/pagamento) pois ele te permite controlar a conversão de moeda quando ela cai pra você (o Paypal faz isso automaticamente, o que nem sempre é bom).

  7. Bom Dia! Achei muito bacana as informações, já vendo em vários desses sites, ainda o melhor resultado para mim é no TeePublic, o restante é bem mais baixo, mas acredito ser pelo estilo de artes que vendo também. Aproveitando gostaria de saber uma informação caso tenha a mesma situação, sabe o Formulário W-8BEN, alguns sites tem para preencher já automaticamente e na hora de pagar já descontam os 30% de imposto dos EUA, padrão para brasileiros, porém o TeePublic e alguns outros não tem, e informam que isso seria obrigação do Paypal, como acontece nestes casos para você, o Paypal recolhe os valores de impostos dos sites que não te dão a opção de preencher o formulário W-8BEN? Obrigado.

    1. Essa é uma questão que um bom contador pode te ajudar, pois não domino totalmente. No meu caso, recebo pelo Payoneer, e te recomendo fazer o mesmo (https://merchbyamazon.com.br/pagamento) por ter melhor conversão de valores e controle do seu dinheiro. Já tive problemas com a Receita Federal pois o Paypal informa nossos ganhos pra Receita sem termos consentimento, e eu não emitia nota fiscal na época, então tive uma trabalheira pra conseguir explicar a origem do dinheiro, visto que ele chega convertido em reais, e a cada época tem uma cotação diferente. Creio que se emitir nota pros valores que sacar daqui do Brasil vai resolver seu caso, sem precisar do w8-ben quando não disponível.

      1. Oi Rafael!
        Desculpe sou leiga no assunto, mas como assim emitir nota fiscal? Se recebemos por comissão, como vamos emitir nota fiscal?
        Declarar o dinheiro vindo do exterior no imposto de renda todos os anos, já não é suficiente para não ter problemas com a Receita Federal?

        1. Não entendo muito da parte contábil, te recomendo procurar um contador. Eu tenho empresa nos EUA e aqui, e emito nota fiscal de tudo que recebo de lá para evitar problemas.

  8. Marcelo Amor

    Ola,
    Você sabe de alguma loja nacional que eu consiga apenas terceirizar minha produção e entrega? Integrar meu site ao deles ou pelo menos ter meu próprio domínio?. Só achei isso na Montink mas meu foco é plus size e o tamanho deles é pequeno.

    Obrigado

    1. Na verdade existem mais empresas internacionais do que nacionais, como você pode ver nessa lista. Os fornecedores nacionais são bem poucos e ainda possuem os produtos mais básicos. Para moletom tem a Montink e a Marcazo, ambas oferecem moletom (acho que com capuz).

  9. na lista de sites internacionais, quais deles pagam para brasileiros? pois já criei conta em alguns e eles não tem opção para pagamento a brasileiros ou então vc precisa preencher um formulário e ser taxado pelos estados unidos oq reduz ainda mais os ganhos

    1. Fala, Douglas! Todos eles pagam para brasileiros, pois eu recebo mesmo estando aqui (seja via Paypal, Payoneer, depósito em conta ou cheque). A respeito da taxação, ela vai existir (geralmente de 30% retido na fonte) pois o Brasil não possui acordo comercial com os EUA (se a plataforma for lá) ou quando vende na Europa. Infelizmente não dá pra esquivar disso, a não ser que tenha empresa no exterior ou cidadania estrangeira. Mas certifique com um contador como fazer isso, pois você sempre terá que declarar essa grana em algum local.

    1. Não só pode como deve, por isso que listei esse tanto de site aqui. A única coisa que te amarraria seria se você cedesse exclusividade da estampa para determinada marca, porém isso vai de cada site. Atualmente, quase todas as plataformas eliminaram os contratos com exclusividade de impressão, por exigir menos investimento inicial por parte deles e por permitir aos artistas ganhar mais grana por um período de tempo maior, durante a vida daquela estampa.

    1. Não consigo te orientar, melhor consultar a ajuda deles. Mas não prefere manter a conta e vender lá?

  10. Suely soares

    Oi,sou desenhista de modas,mas alguns anos atrás fazia novelAs em wyadriytenho meus personagens,e um revista de fofoca rsss casei e nunca mais fiz
    Amooo ilustrar mas meu sonho e termina de vida vivendo dos meus desenhos.
    Mas li tudo que vc postou,mas não sei como fazer estou meio perdida
    Me ajude por favor ,trabalho em uma loja de tecidosestou com 55 anos,mas cansei
    Quero viver da minha arte,desenhando amooo isso tá
    Mas aqui em Bauru não temos opcoes

    1. O caminho é online. Cadastre suas artes em todos esses sites que listei para poder vender no mundo todo. Dá pra viver bem do que você gosta.

  11. Olá Rafael,

    Gostaria de saber quais dessas plataformas nacionais não cobram taxas tipo mensalidade ou anuidade ? só ganham por produto vendido mesmo

    Agradeço desde já, excelente texto.

  12. Olá, Encontrei seu blog procurando pelo assunto print-on-demand. Boas dicas sim, ajudam bastante, porém gostaria de acrescentar minha opinião no que diz respeito aos royalties do artista nas plataformas brasileiras que na maioria das vezes são valores risíveis. No site Urban Arts por ex. (que está citado aqui como site internacional ) não existe um sistema integrado com o artista para informar cada venda. Então fica apenas na palavra, o que, hoje em dia é bem complicado. Fora que se o artista não é conhecido fica escondido no site, só serve de enchimento. Ao contrário do que propagam não oferecem apoio promoção nem nada. Não estou dizendo que não é legal essa nova forma de vendas, mas sim, que cabe ao artista mudar essa história. Exigir acesso direto as vendas, maiores porcentagens e promoção do próprio site quando pagam em porcentagens. Enfim, tudo o que não acontece na Urban Arts que é o site que me desmotivou totalmente. No momento, achei interessante o sistema da Montink e vou experimentar. Ao que vi as vendas são transparentes, inclusive podemos escolher os valores da cada peça. Vamos começar a nos valorizar e parar de enriquecer essas plataformas que usam o artista sem respeito algum. Acordem Pessoal!

    1. Te aconselho a vender fora do Brasil. Maiores royalties e público maior. Ganhar em dólar vai mudar seu pensamento.

  13. Dos gringos, os 4 primeiros da lista já estão ON. Obrigado. Ainda não cheguei nos outros sites. O DBH cobra US$1 pelo cadastro. Mas OK. É algo honesto.
    Dos brasileiros é sempre a mesma merda. A Montink não tem sequer uma tabela de planos. Só tá pescando cadastro. Ainda vou tentar as outras mas a diferença de filosofia é tamanha que até perdi a vontade.
    DICA: O DBH é um pouco bugado. Você sobe um desenho e dá pau. Escolhe cores das canecas e não registra ou depois que vc escolhe as cores avisa que as cores não existem. Dá pau de acentuação tb… apóstrofe por exemplo, buga.

    1. Concordo contigo, porém vejo que estamos só no começo aqui no Brasil, o que dá uma perspectiva mais empolgante pro futuro. Cada site tem sua peculiaridade, uns tem processos de upload melhor que outros. Infelizmente, nem todas as plataformas pensam bem nessa parte, então é aprender as limitações de cada uma e aprender a trabalhar. Ou, em último caso, desenvolver a sua própria.

  14. Muriel Kleinschmidt

    Eu ainda nao comecei a vender, quais top 5 sites vc me indicaria?
    Preciso de uma orientação, fico no aguardo…

  15. Já estou cadastrando na 5a das internacionais e somente uma me cobrou uma taxa única de cadastro de US$1.
    As duas primeiras brasileiras da lista cobram ou assinatura ou por desenho. Pulei fora! Eu queria entender pq o modelo brasileiro de negócios é tão Lei de Gerson.

  16. Olá, acabei de conhecer o canal e gostei muito, inclusive tentei criar uma conta no Merch by Amazon, mas o Brasil não está na lista de países, mudou alguma coisa? ou existe outro caminho para criar a conta?
    Obrigado.

    1. Existe um processo de seleção à base de convite, então o negócio é se cadastrar e aguardar a resposta deles. No meu Youtube tem um video ensinando o passo a passo pra cadastrar.

  17. Felipe Santoro

    Sabe dizer quais lojas nacionais tem camisetas full print? Encontrei na colab55, mas eles só tem modelo feminino assim.

  18. Chega ser triste ver o comportamento da empresas brasileiras, a maioria quer cobrar pra você vender pra elas, a Vandal chega a ser contraditória em focar em artes pro-socialista ( visando capitalismo ), a única que salva ai é a Marcazo.

  19. Roniedison Scarpati

    Muito legal esta matéria…tenho algumas dúvidas….com relação ao site americanos
    * Como eu pago para utilizar? Em dólar?
    * Utilizando site americanos e divulgando os produtos, eles enviam por lá né??? Compensa? A demora e o frete?
    *

    1. Você não paga para usar, apenas recebe as comissões das vendas. Alguns sites enviam os produtos pro Brasil, mas o público é geralmente mais local. Não compensa comprar pois pode parar na alfândega e ser taxado, além do frete caro. Mas aí é contigo.

  20. Eu conheci seu site recentemente, buscando sobre como ter uma outra fonte de renda, e que artigo foda… parabéns! Me ajudou muito a explicação de como funciona e as dicas que alguém que está no meio há mais tempo.
    Mesmo lendo 2 anos depois continua ajudando muitas pessoas.

    1. Obrigado, Luiza! Me desculpe a demora na resposta. Espero ter ajudado e continuar ajudando sempre. Hoje em dia tem muita alternativa interessante para vendermos nosso trabalho na internet! Basta focar e produzir bastante.

  21. Boa tarde!

    Muito bom esse conteúdo. Sou iniciante nessa área e gostaria de uma indicação sua sobre um app para produzir as artes. Assistindo a 1 vídeo no Youtube, indicaram o Ilustrator, mas não possuo condições de comprá-lo. Você poderia me dizer um app semelhante com relação a qualidade para a produção das artes?

    Desde já, agradeço imensamente.

    1. Obrigado pelo contato! Eu produzo minhas artes no Illustrator e Photoshop que são pagos, porém há alternativas gratuitas como o Gimp e o Canva. Caso queira uma plataforma que te ajude a criar designs, tem o Vexels, Placeit e o Merch Informer. Todos eles possuem biblioteca de desenhos para lhe ajudar a criar seu próprio design.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *